Arquivo do autor

Cultura do Alemão

Os artesãos do Complexo do Alemão, pela Secretária de Economia Solidária (EcoSol), e em parceria com a rede Prezunic, estão promovendo (Festivais de Economia Solidária – Artesanatos em geral), feitos por eles, com materiais recicláveis, naturais e que não causem danos ao meio ambiente. É importante ressaltar que nesses Festivais é PROIBIDO o uso de materiais plásticos como embalagem, Cigarros, e qualquer tipo de bebida que tenha presença de álcool.

Aconteceu neste último domingo (18/12) o II Sarau do Alemão. Um Grande e Solidário evento que promove descontração, paz e alegria aos moradores do Complexo do Alemão.

O Evento começa às 15h e se prolonga até às 20h, uma tarde cultural, com música, poesia, dança, fotografia, projeção, artistas da comunidade, Feira de Economia Solidária ( artesanatos de moradores da região ) e convidados especiais…

Neste último domingo, o Sarau contou com a presença não só de moradores, como muitos turistas, que vieram prestigiar essa grande festa.

Para maiores contatos:   https://www.facebook.com/pages/Sarau-do-Alem%C3%A3o/284125571621690

Lembrando que o Sarau, vai para sua III edição, e acontece mensalmente, então galera ..  Nos vemos em Janeiro !!!

Alemão tem Cultura !

Os artesãos do Complexo do Alemão, pela Secretária de Economia Solidária (EcoSol), e em parceria com a rede Prezunic, estão promovendo mensalmente no estacionamento do mercado Prezunic – Itaóca, os FESTIVAIS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA DO COMPLEXO DO ALEMÃO.

Acontece, todo início do mês entre os dias (5 e 10).

Para maiores informações: (21) 9691-8703 – Ponto Solidário do Alemão.

O Festival de Economia Solidária, trás os mais variados tipos de Artesanato (Recicláveis, Naturais entre outros) em Moda, Cama – Mesa e Banho, Decoração, Brinquedos e muito mais. Conta também com apresentações culturais da comunidade, como o grupo de ginástica rítmica da Vila Olímpica Carlos Castilho, Grupo de danças do Núcleo de Mulheres Brasileiras em Ação e outras atrações. Sem contar, com o bom-humor e carisma dos próprios artesãos.

O Festival se diferencia de outras ”feiras” (ex: itaipava) por focar em auto-gestão, e meio ambiente. Por isso, é proibido o uso de plásticos como embalagem, o uso de cigarros e consumo de bebidas que levam álcool, e importante ressaltar que a água não é cobrada, pois é um direito de todos.

A Experiência dos artesãos no espaço, está sendo de agrado de muitos, e já contou com a presença até de turistas, artistas e o próprio Secretário de Economia Solidária, Marcelo Henrique da Costa.

Então galera, fica a dica hein .. ?!

VAMOS CURTIR NOSSA CULTURA !